FISL 11. Tô aqui!

É isso. Estou em Porto Alegre no FISL 11 (Forum Internacional Software Livre) . O evento começou dia 21/07, mas só cheguei hoje. Quem sabe no ano que vem eu não chego no início. 😉

Eu estava muito animado para esse encontro, e não me decepcionei. O evento está muito legal. Ótima estrutura, muitos expositores, vários sorteios e promoções, uma grade MUITO abrangente que com certeza irá agradar a todos os presentes, e uma galera bem animada. Encontrei como um pessoal do Rio (a galera do #horaextra), alguns eu já conhecia, como o Rodrigo Pinto e o André Fonseca, e tive a oportunidade de conhecer outros camaradas como Vitor Pelegrino, Marcos Tapajos, Cláudio Berrondo e outros. Isso é uma das coisas que eu mais gosto nesse tipo de evento. Você troca idéias, bate um papo de alto nível e conhece muita gente legal que só houvia falar ou só conhecia através da internet. Legal!!

Já assisti três palestras. Todas muito boas.

A primeira foi do Edgar Silva sobre REST com Java. A sala estava lotada, e ele focou na facilidade atual do Java em usar anotações para transformar classes/métodos simples em serviços REST rapidamente. Mostou também um pouco do jBPM.

Depois parti para uma aula sobre desenvolvimento para TV Digital com Ginga NCL. Achei muito interessante e simples, mas pude perceber ainda existe muita incompatibilidade entre os dispositivos, de fabricantes diferente, que executam aplicações interativas na TV Digital. Isso talvez se deva pela demora, do grupo responsável, em soltar a especificação oficial. Ela saiu a pouquíssimo tempo e alguns fabricantes não esperaram e sairam lançando dispositivos antecipadamente. As informações que obtive são que somente a Sony e a LG estão desenvolvendo aparelhos 100% compatíveis com a norma oficial, mas que ainda não estão disponíveis. Essa é uma área que vai crescer MUITO nos próximos anos. Vi coisas muito legais aqui, muito legais mesmo. <notaMental>Estudar TV Digital</notaMental>

A última palestra que vi foi a da galera do Rio: “Por que eu sou fanático por testes e você é um bundão” com Sylvestre Mergulhão e Henrique Crang. Uma apresentação MUITO engraçada e com muita interação com o público para falar de TDD (Test Driven Development). Foi muito hilária, com o Henrique fazendo o papel do desenvolvedor “bundão”, adepto do POG (Programação Orientada a Gambiarras) e do XGH (eXtreme Go Horse) e o Mergulhão o do bom desenvolvedor, que usa testes e refatoração. Muito boa mesmo. Tomara que disponibilizem o vídeo, pois vale a pena.

Também assisti a um DOJO do pessoal do #horaextra no estande da iG, que é sempre interessante. Tinha MUITA gente curtindo também. Fez sucesso.

Bom! Até aqui foi isso. Amanhã vou chegar cedo para aproveitar bem, pois é o último dia. Depois coloco outras impressões.

Abs.

Tags: , , , , , , , , , ,

1 comment

  1. […] já tinha falado um pouco do meu primeiro dia de FISL, terceiro do evento. Faltava falar do último dia. Eu estava muito pegado no trabalho e com […]

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *